março 20, 2012

VAMOS PLANTAR?? - Parte 1, Sementes

E hoje começa o OUTONO, mais friozinho no início e fim do dia... que tal começarmos a pensar em uma Primavera florida?? Para deleitar das flores temos que botar a mão na massa já!!!

Encontrei esse Passo a Passo e quero compartilhar com voces. Hoje vamos aprender a preparar um vaso para o plantio com SEMENTES.

É necessário:

ARGILA EXPANDIDA:
Pode ser usado brita ou cascalho. O papel da pedra no fundo do vaso é para facilitar na drenagem e não permitir que a água fique retida.

MANTA GEOTEXTIL "TIPO BIDIM":
Mais conhecida como Manta Bidim, não é biodegradável, desta maneira ela não apodrece. Ela evita que a terra seja expelida pelos buraquinhos do vaso.

TERRA VEGETAL:
No caso de plantio em vasos pequenos, podemos utilizar a terra vegetal ou a terra preta. Esse é o tipo de terra com mais nutrientes.
Para vasos muito grandes ou floreiras, sobre o bidim pode-se usar 2/3 da  da altura do vaso com terra vermelha (é de pior qualidade nutricional para a planta, mas é mais barata) e completar o restante 1/3 do vaso com a terra preta.
A terra preta no topo do vaso é importante. Quando há a rega, a própria água acaba levando os nutrientes e misturando com o restante da terra.
 

VASO:
Eu sempre achei os vasos de argila ou barro mais eficientes porque ajuda na evaporação da água e no não apodrecimento das raízes. De qualquer maneira é importantíssimo que haja furos no fundo vaso para escoamento e não acumular água.
Quanto ao tamanho: o vaso pode ser trocado com o passar do tempo e desenvolvimento da nossa plantinha. Mas para árvores e outras espécies de maior porte, quanto maior o vaso, mais fácil o exemplar se desenvolve.


PREPARANDO O TERRENO:
No fundo do vaso coloque por volta de 5 cm de argila expandida. 
Cubra com a manta bidim. sempre recorte a manta maior que o vaso para que as extremidades fiquem voltadas para cima.
E preencha o vaso com a terra.


Ao Preencher o vaso com a terra, deixe cerca de 5 cm livres na boca para colocar algum tipo de forração como casquinha de pinus por exemplo, que evita a sujeira na hora da rega. Mas, atenção: colocar forração apenas após o crescimento da muda. Enquanto a semente não brotar, não use nehum tipo de forração.



SEMENTES:
Existem vários tipos de sementes e para cada um deles o processo de plantio podem ser diferenciados. Sementes do tipo terrestres, normalmente em forma de grãos e as semente aéreas que são bem fininhas como papel.



Para sementes fininhas como a dos Ipês por exemplo, coloque a semente em cima do substrato e cubra levemente. Regue e mantenha o vaso protegido do sol pelos próximos 20 dias.



Para sementes terrestres, faça um furo na terra com o dedo indicador, cerca de 5 cm de profundidade. Deposite a semente na "cova" e tape. Regue.

PS. Eu não sei quem batizou de "cova", mas como se trata de um nascimento de uma vida (mesmo que seja de um vegetal) eu prefiro chamar de BERÇO!



Para sementes muito pequenas, é aconselhável que seja feito em uma sementeira e apenas depois da brotação transplantar para um vaso.

 
Neste caso, usaremos o Bidim, terra vegetal e uma sementeira de plástico.



Coloque a manta embaixo da sementeira para evitar o excesso de unidade e  a saída da terra pelo fundo.
Preencha cada gomo com a terra vegetal e acomode pelo menos umas 5 sementinhas em cada um.
Não precisa enterrar as sementes, apensa cubra levemente. 
Regue e mantenha protegido do sol por 20 dias.




Quando brotar é só transferir a mudinha para um vaso. Logo mostrarei como plantar mudas... aguardem!

E aí gostaram?? Agora é só colocar a mão na massa para dar mais cor às nossas vidas.

 
ótimo dia a todos!!

Daniela Prieto
Research:


Nenhum comentário:

Postar um comentário